Guia de Destinos | melbourne | australia
    Fale conosco pelo telefone (11) 99854-4803 (11) 3496-2922 (13) 99717-9825
    ou no e-mail naubrasilis@uol.com.br
    Minha contaAcessar | Registrar

Câmbio

Acompanhe a cotação das moedas internacionais e planeje melhor sua viagem.

Carregando...
fechar

CONSULTA DE ORÇAMENTO/VOUCHER

Buscar
fechar

Acesse sua conta

E-mail/Login
Senha
Esqueceu sua senha?
Entrar
Clique aqui e fale direto conosco através do WhastApp ((11) 99854-4803)

Melbourne - Austrália

Melbourne - Austrália
Voltar para o Guia de Destinos

Melbourne

Austrália

Os moradores de Melbourne se gabam por pertencer a mais europeia das cidades australianas e capital da moda do país. Competições à parte (em especial com Sydney), o fato é que a segunda maior cidade da Austrália é também uma das mais vibrantes, com parques e praias servindo como contraponto aos prédios modernos. Dividida ao meio pelo Rio Yarra e com uma baía de águas calmas em seu quintal, Melbourne oferta natureza e cultura na mesma medida.

Moeda: DÓLAR AUSTRALIANO

Necessita de vacina contra Febre Amarela

Para solicitação do seu visto para os EUA entre em contato com a Schultz Vistos ou acesse o site: www.vistos.com.br

Idioma: Inglês

Fuso Horário: + 13 horas

Atividades

Comece pelo Federation Square, um ambicioso projeto arquitetônico que reúne mais de vinte galerias de arte e ocupa cinco quarteirões da cidade. Outro ponto de grande interesse é a elegante Collins Street, uma das avenidas mais movimentadas do destino. Aproveite a visite e pegue o Transcar (um dos sobreviventes dos nossos antigos bondinhos) e conheça distritos residenciais menos turísticos. É um passeio que vale a viagem. Se o dia pedir maior contato com a natureza, desloque-se até a Península de Mornington, onde há casinhas brancas enfileiradas e mar repleto de jet skis.



Gastronomia

Terminar o dia em um pub ou bom restaurante é rotina em Melbourne. Isso porque a cidade abriga mais de três mil estabelecimentos do gênero. Ao todo são setenta nacionalidades.

O Prix Fixe (Alfred Place), por exemplo, é um ótimo ponto de partida, já que possui não apenas um atendimento fantástico e belos vinhos, como também um conceito de refeição única. Mas não se preocupe, as escolhas do chef estão sempre acima da média quando o assunto é culinária europeia e australiana.

Já o Rice Paper Scissors (19, Liverpool street) é um restaurante asiático de primeira linha, que oferece o que há de melhor em peixes frescos.



Compras

O Queen Victoria Market (Mercado da Rainha Victoria) é o maior mercado aberto da cidade. Fica a oeste da Elisabeth Street e ao sul da Victoria Street. Nele é possível encontrar frutas, verduras, queijos, ovos, carnes, frios, lanchonetes, restaurantes, além de roupas, calçados, acessórios e souvenires. Vale a pena a visita.



Melhor época

A Austrália vive as estações do ano simultaneamente ao Brasil. Como o sol costuma castigar os visitantes no verão, as outras estações do ano parecem ser a melhor escolha.



Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para Austrália, mas inúmeras companhias trabalham o destino em operações com escala. Algumas boas opções são South African Airways, Lan e Emirates e Etihad Airways. A partir de Sydney, é possível pegar um voo doméstico até Melbourne.