Guia de Destinos | wellington | nova zelandia
    Fale conosco pelo telefone (11) 99854-4803 (11) 3496-2922 (13) 99717-9825
    ou no e-mail naubrasilis@uol.com.br
    Minha contaAcessar | Registrar

Câmbio

Acompanhe a cotação das moedas internacionais e planeje melhor sua viagem.

Carregando...
fechar

CONSULTA DE ORÇAMENTO/VOUCHER

Buscar
fechar

Acesse sua conta

E-mail/Login
Senha
Esqueceu sua senha?
Entrar
Clique aqui e fale direto conosco através do WhastApp ((11) 99854-4803)

Wellington - NOVA ZELÂNDIA

Wellington - NOVA ZELÂNDIA
Voltar para o Guia de Destinos

Wellington

NOVA ZELÂNDIA

Wellington conta hoje com cerca de 600 mil habitantes, além de ostentar o título de capital cultural do país. A cidade é também a sede do Governo e do Parlamento da Nova Zelândia, o que a tornou moderna e estruturada, mas sem perder a essência de um destino com aspectos interioranos. Os extremos são uma característica local. Aproveite!

Moeda: Dólar da Nova Zelândia (NZD)

vacinas não são exigidas

brasileiros não precisam de visto para entrar na Nova Zelândia

Idioma: Inglês, Maori e Língua de Sinais Neozelandesa

Fuso Horário: + 12 horas

Atividades

O Oriental Bay, praia de areia dourada postada no centro do destino, é um passeio inevitável, assim como alguns dos vários museus, galerias de arte e peças teatrais que compõem a agenda cultural de Wellington. Para atividades ao ar livre, a capital oferece ciclismo de montanha e canoagem no mar, bem como lindas trilhas ao redor do porto e das colinas circundantes. Os trechos de caminhada Makara Peak e City to Sea oferecem as melhores vistas da orla local.

Considere também subir a colina de bonde até Kelburn para ver uma paisagem espetacular da cidade.




Gastronomia

Ortega Fish Shack (16, Majorbanks Street) oferece ambiente aconchegante, especialamente para casais. No menu, peixes e frutos do mar, claro.
Se a decisão for investir na culinária local, o The White House Restaurant (232, Oriental Parade) é uma ótima escolha. Restaurante muito agradável com excelente comida e bom serviço.




Compras

Os amantes das pechinchas vão se deliciar. Isso porque a cidade possui inúmeras lojas de roupas, calçados, suvenires e muitos outros artigos. Por ser um destino compacto, todo o trajeto pode ser feito a pé, sem qualquer contratempo.




Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para a Nova Zelândia, mas há inúmeras possibilidades de chegar ao destino. A Aerolineas Argentinas, por exemplo, tem voos partindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Porto Alegre com conexão em Buenos Aires. Pela Lan, os voos saem de São Paulo e fazem conexão em Santiago, no Chile, e escala em Auckland, para depois seguir para Sydney, na Austrália. É possível fazer o trajeto também com outras companhias, como Etihad, Qatar e Emirates. Para acessar Wellington, é preciso percorrer um trecho de cerca de 500 quilômetros.




Melhor época

Assim como o Brasil, a Nova Zelândia está no hemisfério sul e, portanto, segue as mesmas estações do ano. Auckland está na região mais ensolarada do país, com verões relativamente quentes.